Next

1
RESERVATOIR
2
CASA MARTA ORTIGÃO SAMPAIO
3
CASA TAIT
4
EXTENSÃO DO ROMANTISMO
5
ENTRE QUINTAS
6
MATERIALBASE
7
RIO DA VILA
8
CASA DOS 24
9
ARQUEOSSÍTIO
10
CASA GUERRA JUNQUEIRO
11
EXTENSÃO DO DOURO
12
CASA DO INFANTE
13
BIBLIOTECA SONORA
14
ATELIÊ ANTÓNIO CARNEIRO
15
EXTENSÃO DA INDÚSTRIA
16
EXTENSÃO MATADOURO
17
BONJÓIA EXTENSÃO DA NATUREZA

ATELIÊ ANTÓNIO CARNEIRO

1
RESERVATOIR
2
CASA MARTA ORTIGÃO SAMPAIO
3
CASA TAIT
4
EXTENSÃO DO ROMANTISMO
5
ENTRE QUINTAS
6
MATERIALBASE
7
RIO DA VILA
8
CASA DOS 24
9
ARQUEOSSÍTIO
10
CASA GUERRA JUNQUEIRO
11
EXTENSÃO DO DOURO
12
CASA DO INFANTE
13
BIBLIOTECA SONORA
14
ATELIÊ ANTÓNIO CARNEIRO
15
EXTENSÃO DA INDÚSTRIA
16
EXTENSÃO MATADOURO
17
BONJÓIA EXTENSÃO DA NATUREZA

ATELIÊ ANTÓNIO CARNEIRO

O Ateliê António Carneiro foi construído na década de 1920 como ateliê dos artistas António Carneiro (1872-1930) e do seu filho Carlos Carneiro (1900-1971), figuras marcantes da arte portuguesa, nomeadamente nos contextos Simbolista e Modernista, respetivamente. Aqui viveu, também, o outro filho de António Carneiro, o compositor Cláudio Carneyro (1895-1963).

 

O espólio do Ateliê António Carneiro é composto por cerca de três centenas de obras do artista, das quais se destacam: o estudo final para “A Vida”, obra da transição do século XIX para o século XX; a grandiosa tela “Camões lendo os Lusíadas aos frades de São Domingos”, os autorretratos e um conjunto de retratos da família, bem como pinturas marinhas, interiores de igreja e panorâmicas da cidade do Porto.

 

Há alguns anos fechado ao público, é atualmente alvo de um projeto de reabilitação arquitetónica da responsabilidade do Arquiteto Camilo Rebelo, com o objetivo de recuperar a traça e o uso originais do projeto construído nos anos 20. Neste projeto sobressai, por um lado, os dois ateliês de pintura como espaços centrais, e, por outro, a dotação das características programáticas e técnicas que permitam voltar a abrir o espaço ao público.

 

A intervenção destaca e enfatiza três temas: recuperar e qualificar a tipologia tradicional de Ateliê de pintura com luz do norte (hoje praticamente inexistente no panorama nacional); e a original articulação com Galeria contígua, devolvendo à cidade um tipo de espaço único; a reposição da relação entre os espaços interiores e os espaços exteriores adjacentes, nomeadamente os privados – o pátio norte, a varanda/terraço a sul, e o jardim da propriedade – e os públicos – a rua e o passeio enquanto espaço para acessos e plantação de árvores pontuais.

 

Imagens—Atlas: António Alves (MdC), planta, alçado e esquiço de Camilo Rebelo.

Address

Rua de António Carneiro, 363, 4300-027 Porto

Bus

22, 207, 303, 400, 904, 905, ZH, 202, 207, 303, 400, 500, 900, 901, 904, 905, 906, ZH

Subway

Heroísmo

Gardens

ANTÓNIO CARNEIRO

Axes

SONORO

ROMANTISMO