Return

Estatuto Editorial

Rádio Estação no ar

A Rádio Estação é um projeto experimental de natureza artística e educativa criado pelo Museu da Cidade em 2020 no âmbito do seu Projeto Sonoro.

 

A Rádio Estação procura resgatar o som e a experiência da escuta da dependência ou reverência relativamente à imagem e ao objeto, manifestando-se num projeto de uma rádio em abismo, e, em certo sentido, de uma anti-rádio.

 

A Rádio Estação promove a criação de uma diversidade alargada de programas, com autoria e curadoria independente e/ou partilhada com o Núcleo de Programação do Museu da Cidade, para além do apoio à criação e à investigação, seja por intermédio de colaborações com outras instituições da cidade do Porto ou através de encomendas específicas dirigidas a investigadores, poetas e escritores, educadores, compositores, músicos e artistas sonoros.

 

A Rádio Estação está intimamente ligada à estratégia programática do Museu da Cidade, redefinida pelo Município do Porto, e que assenta na valorização cultural e patrimonial dos seus espaços e coleções e na divulgação da sua programação de carácter temporário:

 

O Museu da Cidade do Porto é composto por 17 estações que incorporam espaços de natureza tão diversa como sítios arqueológicos, lugares da água — um reservatório, uma galeria subterrânea —, casas, espaços industriais, espaços com jardins ou que existem no interior de parques ou quintas, as bibliotecas públicas e o Arquivo Histórico.

 

É através da Rádio Estação que um dos principais objetivos do Museu da Cidade se consubstancia – o seu eixo sonoro – no sentido em que contribui para unificar a sua estratégia programática que, através do som e da palavra, irradia simbolicamente de e para todo o território onde os seus espaços se inscrevem.

 

É por esta característica de Museu-Rizoma, espalhado, à escala da cidade e sem um centro definido, que se elegeu a Biblioteca Sonora como ponto simbólico de transmissão, de expansão do Museu, porque, justamente, não baseia a sua natureza discursiva na visão ou no objeto, mas na voz e no som. Será na Biblioteca Sonora que a Rádio Estação se instalará no futuro, após processo de reabilitação deste espaço, dando igualmente corpo a uma nova dinâmica. Atualmente, pese embora continue a cumprir a missão para a qual foi criada, a Biblioteca Sonora encontra-se debilitada. O esforço do Museu da Cidade centra-se na dotação de meios humanos e técnicos para que essa missão se reative e intensifique, para além de expandir a possibilidade de colaborações com a instalação da Rádio Estação neste local.

 

A Rádio Estação emite presentemente a partir da Casa Tait, um dos espaços do Museu da Cidade do Porto.

 

A Rádio Estação tem uma existência online, através do “Sítio Invisível” do seu site (https://museudacidadeporto.pt/sitio-invisivel/), para além de ter uma página de Instagram própria (https://www.instagram.com/radioestacao_mdc/) para divulgação da sua atividade.

 

A Rádio Estação adota, sempre que possível, uma frequência hertziana temporária no contexto específico da sua programação “nómada”. A isso mesmo corresponde a sua rubrica “Rádio Nómada”, onde o seu estúdio de emissão ocupa localizações temporárias no território da cidade (Jardins do Palácio de Cristal, em 2020; Biblioteca Popular de Pedro Ivo, 2021), desenvolvendo programas de proximidade com o tecido social e cultural local.

 

A Rádio Estação tem uma ambição arquivística: para além de potenciar a recuperação e o restauro de material inédito gravado na cidade a partir da segunda metade do século XX – tornando a sua escuta novamente possível através deste canal de difusão -, promove igualmente a concentração, organização e tratamento de novos materiais sonoros da Cidade do Porto.

 

A Rádio Estação promove a inclusão assim como a liberdade criativa dos seus colaboradores.

 

A Rádio Estação não tem interesses comerciais, políticos ou religiosos.

 

A Rádio Estação reconhece como seu único limite o espaço privado dos cidadãos.

 

A Rádio Estação assume o compromisso de respeitar os direitos dos ouvintes e a ética profissional.

 

A Rádio Estação segue as orientações definidas nos termos da Lei da Rádio, Lei nº54/2010.