Voltar

Percurso Especial #3—Porto: A Cidade das Águas – entre a Quinta do Gólgota e Entre Quintas

4
EXTENSÃO DO ROMANTISMO

© Mário Mesquita

O Porto é a “cidade das águas”. No Romantismo, os percursos entre a cidade e o campo eram feitos nas margens de pequenos rios e ribeiras que caraterizavam a paisagem portuense em terrenos que, com a anterior expansão da cidade para poente (1836) e o traçado da Circunvalação (1899), ficariam englobados no que hoje chamamos de Porto. Estes caminhos bucólicos eram percorridos, para além daqueles que vinham de fora para trabalhar, pelas famílias burguesas de então, como nos narra o nosso expoente do Romantismo, Camilo Castelo Branco na sua extensa obra, claramente entre a literatura e a sociologia. Nos dois sentidos, do centro para a periferia e desta para o coração dinâmico da cidade romântica, os burgueses e os “do povo” faziam seus, todos estes caminhos, que, felizmente hoje, se conservam e que permitem salvaguardar uma memória que tanto marcou a imagem da cidade. À semana, para trabalhar e ao fim de semana para o ócio, sempre acompanhados pelas águas e pelos vários equipamentos que foram sendo construídos, como fontes, fontanários, bicas, mananciais, lavadouros e bebedouros – a imagem de uma paisagem muito peculiar e, sem dúvida, única, numa urbe que, pela toponímia, seguramente deveria ser especial. Neste percurso pelos lugares da água, propomos um trajeto, entre o Campo Alegre e as vertentes do Palácio de Cristal.

 

Ponto de encontro: Casa Cor de Rosa, Faculdade de Arquitetura, Via Panorâmica Edgar Cardoso

Fim do percurso: Extensão do Romantismo

 

Mário Mesquita (Porto, 1971) é Arquiteto, Investigador e Artista. PhD em Arquitetura, Mestre em Planeamento e Projeto do Ambiente Urbano. Professor Auxiliar na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, lecionando “Projeto 5” e “Porto: Territórios e Redes da Invisibilidade”; Coordenador da Comunidade de Inovação Pedagógica da UP, “Porto: Territórios e Redes da Invisibilidade”; Investigador Integrado no i2ADS e Investigador Colaborador no CITCEM; Investigador Principal na Águas e Energia do Porto, dirigindo o seu Plano Diretor do Património e responsável científico e técnico da plataforma de Informação e Interpretação do Património, Parque das Águas e do Parque Patrimonial das Águas – UNESCO/WAMU-NET.
Tem obra pública nas áreas da Arquitetura, Urbanística, Design, Artes Plásticas e Artes do Espetáculo, publicações e intervenções em congressos, colóquios e outros eventos artístico-científicos nestas áreas desde 1995.

 

Recomendamos:

Calçado confortável

Garrafa de água

Roupa adequada às condições climáticas, dado que o percurso que realizará mesmo em caso de chuva moderada

 

Inscrições

BILHETEIRA ONLINE
Nas Estações do MdC, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett ou no Teatro Municipal do Porto.

 

Inscrições

2€

 

Cartão Porto, titulares do cartão Bibliotecas Municipais, colaboradores CMP e Empresas Municipais

1€

 

Estudantes

1,40€

 

Limite de 15 participantes. + info mdc.educativo@cm-porto.pt. ou (+351) 226057000.

 

ENDEREÇO

Rua de Entre-Quintas, 220 4050-240 PortoLocalização

AUTOCARRO

200, 201, 207, 208, 300, 301, 302, 303, 501, 507, 601, 602, 801

ESTACIONAMENTO

Palácio de Cristal