Voltar

Sessões musicais na montagem “Metamorfoses: Imanência vegetal, mineral e animal no espaço doméstico romântico”

4
EXTENSÃO DO ROMANTISMO

L’Art de connaitre les hommes par la physionomie…/ Johan Casper Lavater. Paris: Deplafal, 1820. BPMP

Sessões musicais na montagem “Metamorfoses: Imanência vegetal, mineral e animal no espaço doméstico romântico” | Museu da Cidade – Extensão do Romantismo

 

No dia 25 de junho, sábado, o Museu da Cidade apresenta duas sessões musicais na Extensão do Romantismo. Catarina Rebelo (harpa) e Ana Mafalda Monteiro (violoncelo), ambas colaboradoras da Orquestra Filarmónica Portuguesa. O repertório inclui peças de Johann Sebastian Bach, Giuseppe Maria dall’Abaco, Franz Anton Rossler-Rosetti, Claude Debussy, entre outros.

No âmbito desta colaboração com a Orquestra Filarmónica Portuguesa, em outubro, terá lugar na Extensão do Romantismo um ciclo musical de cinco sessões com início no dia 1, Dia Internacional da Música.

 

10H – 12H

Catarina Rebelo – harpa
Sonata em Si Bemol Maior | Franz Anton Rossler-Rosetti
Premiere Arabesque | Claude Debussy
The river of time passes through the summer twilight | Chih-Yun Chiang
Sarabanda and Toccata | Nino Rota
Impromptu | Gabriel Fauré

 

______

 

 

14H30 – 17H30

Ana Mafalda Monteiro – violoncelo
Suite Oriental | Ana Mafalda Monteiro
Capricci per Violoncello solo | Giuseppe Maria dall’Abaco
Primeira Suite para Violoncelo Solo, Sol Maior | Johann Sebastian Bach

 

 

 

Catarina Malcata Rebelo nasceu em 1998 no Porto.
Terminou recentemente o Mestrado, com distinção, no Koninkljik Conservatorium Brussel [KCB] (Bélgica), na classe de Agnès Clément e Anneleen Lenaerts. É licenciada pela Haute École de Musique de Genève [HEM] (Suíça), que frequentou entre 2016 e 2019, na classe de Florence Sitruk e Sandrine Chatron. Frequentou o Conservatório de Música do Porto [CMP] entre 2005 e 2016, finalizado com nota máxima, na classe de Áurea Guerner.
Colabora regularmente com a Orquestra Filarmónica Portuguesa, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra Nacional de Jovens da Noruega, Orquestra Italiana de Harpas, Orquestra do Movimento Musical Cooperativo, Banda Sinfónica Portuguesa, entre outras.

 

 

Ana Mafalda Monteiro exerce uma atividade regular como violoncelista em vários grupos de música de câmara e a solo (e.g. Lumennis Trio, premiado no Prémio Jovens Músicos, 2018).
É violoncelista na Orquestra Filarmónica Portuguesa, Professora de violoncelo na Academia de Música de Paços de Brandão e na Escola de Música de Leça da Palmeira. Recentemente, tem escrito uma série de peças originais para violoncelo solo, que tem apresentado em variadas salas nacionais e internacionais (e.g. Messina Palace – Valetta, Fábrica do Braço de Prata- Lisboa, Casa das Artes – Porto).

ENTRADA

Mediante aquisição de bilhete de entrada no museu. 

ENDEREÇO

Rua de Entre-Quintas, 220 4050-240 Porto
GPS: 41.147524, -8.627930
Localização

AUTOCARRO

1M, 200, 201, 207, 208, 302, 303, 501, 507, 601, ZM, 12M, 13M
Circular Massarelos – Carmo

ESTACIONAMENTO

Palácio de Cristal