Voltar

Experiência quotidiana e práticas políticas entre as classes populares do Porto (1945-1974)

Online

Foto de Astragildo Gonçalves, 1960. Arquivo Histórico Municipal do Porto, [F-NP/CMP/04/01923]

Integrado no âmbito do programa paralelo da exposição PCP 100 anos , o curso aborda as transformações sociais ocorridas na cidade do Porto após a II Guerra Mundial, infiltrando-se nos aspetos infinitesimais da existência das classes populares.

Procurando restituir a experiência da “normalidade” da vida de todos os dias destas pessoas, equaciona-se a emergência da ação política a partir dos seus percursos biográficos e dos seus contextos prosaicos de existência. Neste contexto histórico de mudanças nos espaços industriais e habitacionais e nas rotinas de sociabilidade que ficaram inscritas nas trajetórias individuais e coletivas, sonda-se ainda os indícios largados pelos atos e as palavras de protagonistas que se afastam da imagem estereotipada das “grandes figuras” da política.

O curso implicará a partilha de documentos e leituras prévias a cada sessão para posterior discussão e reflexão.

 

Bruno Monteiro é sociólogo, tendo realizado ampla investigação sobre o Porto no período posterior à II Guerra Mundial. Tem publicado, entre outros temas, sobre as modalidades de politização que caracterizavam os distintos agrupamentos sociais da cidade nesse contexto histórico. Atualmente, é investigador do Instituto de Sociologia da Universidade do Porto.

 

Inscrições até 3 de abril, valor de 7€ ou 3 € para utilizadores inscritos nas Bibliotecas Municipais do Porto.

+ info e inscrições aqui ou em bmp@cm-porto.pt